Nem tudo que reluz é ouro, já dizia o velho ditado. A sabedoria popular traz conselhos que podemos levar para muitas áreas da vida, inclusive no consumo de produtos. Quer ver só um exemplo: Você já comprou um produto só por conta da embalagem e ao experimentar se deu conta de que o conteúdo deixou muito a desejar? #quemnunca

Isso também acontece com os sabonetes artesanais, a começar pelo nome vale lembrar que nem todo sabonete artesanal tem as características reais de um produto feito com cuidado, em pequenos lotes e com ingredientes os mais naturais possíveis. É preciso ficar atento ao tipo de produto que estamos comprando e os motivos que estão nos conduzindo ao consumo.

Para te ajudar a pensar um pouco mais sobre isso separamos 3 dicas chave para você refletir ao comprar um sabonete natural:

1. Leia sempre a embalagem

Muitas vezes olhamos o preço na prateleira, no site ou no feed da rede social e escolhemos o produto de menor valor. Dê uma pausa nesse hábito imediatamente, leia a embalagem, confira no rótulo se ali estão todas as informações sobre o produto.

No caso de um sabonete artesanal, confira se há algum tipo de parabeno, lauril. Estes componentes são usados amplamente na indústria cosmética como agentes de limpeza, inclusive estão presentes na maioria dos shampoos, sabonetes e cremes dentais. Portanto, mesmo que a embalagem prometa que o produto é natural confira o rótulo, pois esses componentes podem ser prejudiciais sua saúde. Não compre gato por lebre.

2. Tenha em mãos uma listinha dos ingredientes a serem evitados

Dê um print nessa lista e consulte sempre que possível, se o produto que você pensa em comprar tiver um desses compostos químicos passe adiante. Confira os vilões da cosmética:
– Petrolatos (petrolatum, mineral oil)
– Derivados de polietilenoglicol (PEG-)
– Parabenos (terminações em –paraben)
– Formol e liberadores de formaldeídos (DMDM hydantoin, imidazolidinyl urea, diazolidinyl urea)
– Triclosan
– Palmitato de retinol (retinyl palmitate)
– Siloxanos (terminações em –siloxane e –methicone)
– Etanolaminas (diethanolamine, triethanolamine),
– BHA e BHT, dentre outros.

3. Avalie a ordem dos ingredientes

Pouca gente sabe mas a ordem dos ingredientes do rótulo refletem a quantidade deles no produto – sempre da maior para a menor concentração. Avalie sempre se a quantidade de compostos naturais e terapêuticos equivale à promessa da embalagem.

Fica a dica: produtos ditos naturais que contém apenas uma pequena parte de algum óleo refinado, será que realmente terá algum efeito emoliente e terapêutico?

Nos sabonetes da SIA levamos esse assunto super a sério! Todos os produtos passam por uma criteriosa seleção mantendo sempre a formulação natural. O resultado desse trabalho são barras sem nenhum aditivo prejudicial, mas que promovem um efeito suavizante e emoliente da pele.

Tem outras dicas para compartilhar? Conta pra gente aqui nos comentários.

Adicionar um comentário

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios são marcados por `*`

Style switcher RESET
Body styles
Color scheme
Background pattern
Background image